Márcia Motta

Márcia Motta é, desde 1992, professora doutora da Universidade Federal Fluminense. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Agrária, actuando principalmente nos seguintes temas: conflito de terra, apropriação territorial, direito agrário e movimentos rurais. É autora de inúmeros artigos e livros sobre a questão agrária. O mais recente resultado de suas pesquisas sobre o sistema de sesmarias foi publicado em um novo livro: “O Direito à Terra no Brasil. A gestação do conflito (1795/1822)”, em 2009 e em 2012, pela Editora Alameda. Em 2012 publicou na revista espanhola História Agrária, o artigo: “Justice and violence in the lands of the Assecas (Rio de Janeiro, 1729-1745)”. Foi a coordenadora brasileira do projeto FCT/CAPES “Terras Lusas: Territorialidade e conflito no Império Português do setecentos”, aprovado para o biênio 2010/2012. Márcia Motta integra o MC deste Projecto e coordena o WG Brasil.